Caxumba
      A caxumba é uma doença transmitida por vírus que pode “atacar” as glândulas salivares, principalmente a parótida. Surtos costumam ocorrer no inverno e na primavera.
     A transmissão é feita através das gotículas da saliva ao tossir, falar ou espirrar e também por compartilhamento de copos, talheres ou objetos como brinquedos.
     Uma vez infectada por caxumba, a pessoa pode contaminar outros em um período entre 6 dias antes até cerca de 9 dias a partir do inicio dos sintomas. O  período de incubação ( tempo até início dos sintomas) pode ser de 14 a 25 dias, sendo mais comum ocorrer entre 16 – 18 dias.
     O sintomas  mais freqüentes são:  – inchaço e/ou dor nas glândulas salivares em um ou ambos os lados; -febre; -dor de cabeça; -fadiga e fraqueza; – perda do apetite e dor ao mastigar ou engolir.
      O diagnostico geralmente é clinico-epidemiologico, podendo ser feito exame de sangue para confirmação diagnostica através dos anticorpos. A amilase sérica costuma estar elevada.
      O tratamento  é feito de forma a aliviar os sintomas com repouso, isolamento ( até 9 dias após inicio dos sintomas), medicação para a dor. Deve-se estimular a ingestão de líquidos, evitar mastigação (comer alimentos macios, pastosos ou líquidos) e alimentos ácidos (pois estimulam a produção de saliva e aumenta a dor).
     Você é considerado imune para caxumba se já teve a infecção ou tomou a vacina ( 2 doses se tem até 19 anos, ou 1 dose se mais de 20 anos). As vacinas que protegem de caxumba são a tríplice viral ( sarampo/rubéola /caxumba) ou a tetra viral (sarampo/rubéola/caxumba/varicela).
     As complicações mais freqüentes nos homens são as orqui-epididimites, enquanto nas mulheres são mastite e ooforite,  também podendo ocorrer pancreatite. Não esquecer que o vírus tem tropismo pelo sistema nervoso central , podendo  provocar meningite asséptica ou encefalite, complicações que, felizmente são pouco freqüentes.
Dr  Vitor João de Quadros Albé
Médico Pediatra – CRM 18205
Fonte: Jornal NH – Caderno de Saúde – Segunda-feira, 18 de julho de 2016.