A importância do exame oftalmológico em crianças

É muito importante que os pais estejam cientes da necessidade de um exame oftalmológico completo antes dos 4 anos de idade, pois nos primeiros dois anos de vida ocorre 90% do desenvolvimento da visão.
Existe um exame, o teste do reflexo vermelho (teste do olhinho). Este exame serve para diagnosticar alterações como catarata congênita, retinoblastoma (tumor maligno), retinopatia da prematuridade entre outras. Essas doenças quando detectadas precocemente, podem ser tratadas com sucesso. Ele deve ser realizado ao nascer, aos 7 meses  e a cada seis meses até os 2 anos e após anualmente.
Existem alterações oculares que quando não tratadas, adequadamente, levam a criança a não desenvolver sua visão ao máximo, por exemplo se uma criança enxerga apenas com um olho e não enxerga bem com o outro, nem os pais, nem a criança percebem, por que o olho bom permite que ela veja.. No entanto o outro olho não vai se desenvolver,   tornando-se amblíope (olho preguiçoso).

CURIOSIDADES:
É normal o bebê ficar estrábico (olhos não alinhados) em alguns momentos até os 6 meses de vida, caso isso persista, após essa idade,  é importante o exame com oftalmologista o mais precoce possível.
Caso o bebê tenha lacrimejamento persistente, olho grande e /ou secreção ocular abundante após o nascimento, também é necessário o exame para diagnóstico e tratamento.
As crianças muitas vezes se aproximam da televisão, por pura mania, mas muitas vezes está relacionado com problemas de visão. Também coceira nos olhos, sem estar com sono e olhos vermelhos, podem estar relacionados com baixa visão.
Os problemas de refração mais comuns na infância são hipermetropia e astigmatismo, mas também encontramos com freqüência a miopia. Esta última, pode se instalar em vários momentos da vida, da idade mais precoce até o adulto jovem.
Por todos estes motivos, a consulta oftalmológica é necessária até os 4 anos, pois muitas vezes os pais não percebem que pode ter algo errado com a visão de seu filho.

CONSULTA OFTALMOLÓGICA NO ADULTO

Todo adulto deve fazer uma consulta oftalmológica após os 35 anos mesmo que não tenha alteração visual, para medir a pressão intra-ocular. É importante que este exame se repita a cada 18 meses para descartar o GLAUCOMA. O glaucoma crônico não dá sintomatologia. É um achado ocasional na consulta oftalmológica. Pode em uma consulta ter pressão normal e na próxima estar aumentada. O glaucoma, se não tratado, pode levar a cegueira.
Pacientes portadores de diabete devem  realizar o exame de fundo de olho no momento do diagnóstico e depois anualmente. Para evitar alterações oftalmológicas é necessário um bom controle da glicemia.

Dra. Fernanda Taicher
Oftalmologista pediátrica e adulto
CREMERS: 21.134

Publicado no Jornal NH – 08  a 12 de outubro de 2012