“Aplicativos“ e “Conhecimentos Aplicados“
          Confesso aos meus leitores que dias atrás baixei o primeiro aplicativo no meu primeiro  “smartphone” da vida!  Era uma das minhas metas para 2015, já que eu estava me sentindo excluída da sociedade moderna.
          Realmente é útil esse celular com internet , consigo acessar e até pesquisar  em sites médicos de qualquer lugar praticamente. Posso ver e enviar emails , posso me comunicar prontamente a nível profissional e pessoal  de forma eficiente, barata e até divertida .
          Mas eu temo pelos jovens que há  anos quase “ só “ fazem isso inúmeras horas do seu dia,  desfocando das suas atividades de leituras e estudos necessários para a formação pessoal  e profissional . Isso sem se falar na postura inadequada e precursora de problemas ósteo-musculares devido às horas que ficam fixados nos seus celulares, “ netbooks e laptops “.
          O que vejo no consultório é por exemplo,  pacientes jovens que até buscam no site Google sobre sintomas de vaginites por fungos (micose vaginal);   mas não sabem o que são os esporos,  formas microscópicas da reprodução dos fungos,  algo  que precisa ser entendido para evitar recidivas da infecção.  Falta conhecimento básico prévio para aproveitar e  para entender o que buscam em muitas das suas pesquisas virtuais. Vejo pacientes também baixando aplicativos para avisar o dia da sua  ovulação, mas estão em uso de pílula anticoncepcional  e como não sabem como funciona o ciclo menstrual  (matéria do segundo grau – biologia), não compreendem como a pílula anticoncepcional funciona , muito menos se dão conta que com uso de pílula elas   NÃO TÊM ovulação.
          Então me pergunto: de que valem tantos “ aplicativos “  e “ tanta pesquisa na internet “ se não há conhecimento de base suficiente para aproveitar tanta tecnologia? A tecnologia deve acrescentar, NÃO SUBSTITUIR O CONHECIMENTO. Essa é a minha ideia. Boa semana !
Dra. Carmem Helena Snel – CRM  13284
Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela FEBRASGO. Especialista em Acupuntura Médica    pelo  CMBA. Especialização em Geriatria. 
CUIDE DA ÁGUA E DAS PLANTAS E VOCÊ ESTARÁ CUIDANDO DA SUA SAÚDE !