Blog

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum. Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque laudantium, totam rem aperiam, eaque ipsa quae ab illo inventore veritatis et quasi.

V Congresso Internacional de Bioanálises e outros eventos

V Congresso Internacional de Bioanálises e outros eventos

Aconteceram de 08 a 10 de agosto de 2012 na FEEVALE: V congresso Internacional de Bioanálises / VIII Congresso Sul – Brasileiro & XII Semana Gaúcha de Biomedicina O Laboratório Exame, como um dos patrocinadores dos eventos, entregaram os prêmios aos vencedores de apresentações, conforme segue: PREMIADOS APRESENTAÇÃO ORAL 1º LUGAR Trabalho:  CITOTOXICIDADE AGUDA DE ÁGUAS DE SUPERFÍCIE DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DO SINOS EM CÉLULAS HEP-2 Autor: LAUREN TRINTINAGLIA Co-autores: ELOISA BIANCHI E FERNANDO ROSADO SPILKI Orientador: ANA LUIZA ZIULKOSKI Área: OUTRAS ÁREAS 2º LUGAR Trabalho: SURDEZ NEUROSSENSORIAL AUTOIMUNE: RELATO DE CASO Autor: PAULINE MAIARA TEIXEIRA DE ALMEIDA Co-autores: – Orientador: GUSTAVO MULLER LARA Área: IMUNOLOGIA 3º LUGAR Trabalho: DIAGNÓSTICO DA EQUINOCOCOSE CÍSTICA POR MEIO […]

Curiosidade sobre terapia hormonal para tratar menopausa

Curiosidade sobre terapia hormonal para tratar menopausa

Observou-se num estudo realizado na Alemanha com 2500  ginecologistas e concluído em 2010 que AS ginecologistas usavam mais terapia hormonal para si mesmas e OS ginecologistas igualmente indicavam essa terapia mais às suas esposas que PRESCREVIAM para as suas pacientes. Estudos realizados cerca de 10 anos atrás nos Estados Unidos tinham mostrado que terapia hormonal na menopausa aumentava a incidência de coágulos no sangue, infartos no miocárdio, acidentes vásculo-cerebrais  e câncer de mama. Tais estudos foram amplamente alardeados na mídia em todos os países ocidentais e a queda do uso destes tratamentos foi vertiginosa. os governos de muitos países, representados por seus ministérios da Saúde, corroboraram neste desestímulo ao uso […]

Papai

Papai

Existe um homem que se esmera no comprimento do dever para dar bom exemplo: Que fica humilde, quando poderia se exaltar; Que chora à distancia, a fim de não ser observado; Que, com o coração dilacerado, se embrutece para se impor como um juiz inflexível; Que, na ausência, usam-no como temor para evitar uma ação menos correta; Que quase sempre, é chamado de desatualizado; Que apenas fisicamente, passa o dia distante, na labuta, por um futuro melhor; Que, ao fim da jornada, avidamente regressa ao lar para levar muito carinho e, as vezes, pouco receber, Que esta sempre pronto a ofertar uma palavra orientadora ou relatar uma atitude benfazeja que […]

O que é a bronquite

O que é a bronquite

Bronquite é a inflamação dos brônquios. Existem dois tipos, a bronquite aguda, que geralmente é causada por vírus ou bactérias e que dura diversos dias até semanas, e a bronquite crônica com duração de anos, não necessariamente causada por uma infecção, e geralmente faz parte de uma síndrome chamada DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica), doença que pode ser descrita como um “guarda-chuva”, uma vez que contempla a bronquite crônica e o enfisema pulmonar. Em pessoas com bronquite crônica, as vias aéreas estão estreitas, tensas e muitas vezes cheias de muco, resultando na redução da passagem do ar. A bronquite aguda ou crônica é caracterizada por tosse e expectoração (que expulsa, […]

Brucelose

Brucelose

Também conhecida como febre de Malta, de Gilbratar, febre mediterrânea, ou febre ondulante, a brucelose é uma doença infecciosa causada por diferentes gêneros da bactéria Brucella – Brucella abortus (gado), Brucella suis (suínos), Brucella melitensis (caprinos), Brucella cannis (menos comum) – transmitida dos animais para os homens. A infecção ocorre quando eles entram em , contato direto com animais doentes ou ingerem leite não pasteurizado, produtos lácteos contaminados (queijo e manteiga, por exemplo) carne mal passada e seus subprodutos. O risco de contrair a infecção é maior no caso de homens adultos que trabalham com a saúde, criação e manejo de animais ou nos abatedouros e casas de carne. No entanto, mulheres e crianças também podem […]

O botulismo é uma infecção bacteriana

O botulismo é uma infecção bacteriana

O botulismo é uma infecção bacteriana que provoca um quadro de intoxicação grave, causado pelas toxinas da Clostridium botulinun dos tipos A, B, E e, em raras ocasiões, pelo tipo F. A principal forma de adquirir a doença é através da ingestão de seus esporos. Estes são encontrados no solo, em produtos agrícolas, como mel e defumados; e em peixes e outros organismos marinhos. Além disso, alimentos enlatados, em vidros ou embalados a vácuo, conservas e embutidos, também são locais em que podem ser encontrados esses esporos, principalmente se preparados em condições de higiene precárias. Isso porque tais ambientes costumam ser pobres em oxigênio, sendo um bom local para a […]

Acne – Como lidar com ela

Acne – Como lidar com ela

A acne é uma doença da pele que atinge aproximadamente 80% dos adolescentes nesta época da vida, afetando unidades formadas por pelos e glândulas sebáceas: os folículos pilossebáceos. O excesso de produção de queratina na pele, causando a obstrução do orifício folicular; hiperatividade das glândulas sebáceas, produzindo sebo em excesso; e a proliferação de bactérias, como a Propionybacterium acnes e a Staphylococcus epidermides, causando inflamações; são as principais causas desta doença, propiciadas geralmente por fatores hormonais, emocionais e genéticos. Acnes de primeiro grau são aquelas nas quais o paciente apresenta cravos; já as de segundo, cravos e espinhas inflamadas e com pus. Acne de terceiro grau se manifesta com espinhas […]

Gripe ou Resfriado?

Gripe ou Resfriado?

A gripe é uma doença grave, contagiosa, causada pelo vírus Influenza (tipo A,B e C) e o resfriado é menos agressivo e de menor duração, causado pelo Rhinovírus (com seus vários tipos), sendo que a transmissão de ambos, entre as pessoas, se dá através das vias respiratórias. A gripe surge com sintomas severos de febre alta, dor de garganta, dores no corpo, dor de cabeça, fraqueza, mal-estar geral, calafrios, tosse intensa e dificuldade de respirar, e em idosos e pessoas com baixa imunidade, pode haver necessidade de internação hospitalar, às vezes levando o paciente à morte. O resfriado pode provocar irritação na garganta e no nariz, espirros, coriza, obstrução nasal, […]

Bipolaridade, a doença dos excessos

Bipolaridade, a doença dos excessos

Antes do enigma, a ignorância. O paciente com transtorno bipolar apenas se descobre como tal após incessantes busca de tratamento sem sucesso, trazendo consigo diversos outros diagnósticos, como dependência, de drogas, abuso de álcool, obesidade, distúrbios de caráter ou personalidades, transtorno de pânico…, que foram se adicionando ao longo da vida. Existe a forma mais leve de manifestação da doença, que se mistura características da própria pessoa, parecendo compor uma estrutura de base, um temperamento que se manifesta na infância ou na adolecência e se confunde com o “jeito de ser” do indivíduo. Nos quadros leves e nos estados mistos, nem sempre o episódio maníaco se apresenta com euforia excessiva; […]

A Ecografia Pélvica no Diagnóstico de Câncer

A Ecografia Pélvica no Diagnóstico de Câncer

Semanas atrás ocorreu um conclave na Associação Médica do Rio Grande do Sul, onde foi abordado o papel da ecografia pélvica transvaginal ou pélvica, propriamente ditas, no diagnóstico precoce do câncer de ovário e do endométrio (revestimento interno do útero). Diversos palestrantes confirmaram o que ja se lia em estudos publicados em algumas revistas: a rotina de se pedir ecografia transvaginal ou pélvica, anualmente em mulheres assintomáticas de baixo risco na peri-menopausa ou na pós-menopausa NÃO mudou as estatísticas de mortalidade por essas patologias. Confesso que o assunto me parece muito complicado e demais complexo. Aprendemos na Residência Médica e em cursos subsequentes regras diferentes dessas e as pacientes também […]