Cleptomania

O que é cleptomania? As pessoas com cleptomania não resistem à tentação de furtar alguma coisa, não porque seja algo necessário ou que não possa comprar. Trata-se de um ato impulsivo caracterizado como um transtorno de controle de impulsos.

Como diagnosticar a Cleptomania? A cleptomania raramente é diagnosticada na pratica clínica. Os pacientes ficam envergonhados e constrangidos para discutir os sintomas com os médicos, a menos que sejam especificamente perguntados. Muitas vezes algum familiar que percebe acaba alertando o médico para o fato sem que o paciente saiba.  Se não for tratada, a cleptomania pode se tornar crônica, portanto, uma interrogação bem-feita é fundamental para o diagnóstico.

Quais os sintomas da Cleptomania? Uma pessoa com cleptomania tem um impulso recorrente de furtar. Algumas pessoas com esse transtorno podem se sentir culpadas depois e até mesmo tentar devolver os objetos subtraídos.

Qual a diferença entre Cleptomania e os furtos em geral? O furto (seja planejado ou por impulso) ocorre de maneira deliberada e é motivado pela utilidade de um objeto ou seu valor monetário diferente da cleptomania. Embora a ocorrência de furtos seja relativamente comum, a cleptomania é bastante rara (de 0,3% a 0,6% da população geral). Dentre todos indivíduos que furtam, de 4% a 24% tem cleptomania. Aparece mais comum em mulheres do que em homens, correspondendo a uma proporção de 3:1.

Critérios para diagnóstico da Cleptomania? Incapacidade recorrente para resistir aos impulsos de furtar objetos desnecessários ao uso pessoal ou por seu valor monetários / sensação crescente de tensão antes de cometer o furto / prazer ou alívio na hora de cometer o furto / o furto não é cometido para expressar raiva ou vingança e não é uma resposta a um delírio ou alucinação / o furto não se deve a transtorno de conduta ou ao transtorno de personalidade antissocial.

Características comuns à cleptomania e aos transtornos de humor: impulsividade e transtornos de humor / desenvolvimento de sintomas na adolescência ou no início da idade adulta de forma crônica/ alta prevalência familiar / boa resposta a medicamentos estabilizadores do humor e antidepressivos.

É possível prever a ocorrência do ato de furtar em pessoas com cleptomania? Os indivíduos com cleptomania furtam devido a um impulso de furtar, que muitas vezes é desencadeado por estímulos específicos com sons e luzes de lojas ou sentimentos de solidão ou estresse.

Como é o tratamento de uma pessoa com cleptomania? A psicoterapia é uma intervenção muito importante no tratamento do controle dos impulsos. O objetivo é ajudar a pessoa entender porque ele ou ela age por impulso e aprender a responder os impulsos de uma forma mais adequada. A abordagem com medicamentos por intermédio de um psiquiatra está incluída no programa de tratamento da cleptomania.

RAUL CASSEL
Médico e Vereador

Fonte: Jornal NH – Caderno de Saúde – Segunda-feira, 26 de junho de 2017.