Conheça cinco alimentos que ajudam a evitar a azia
Com título acima, abaixo matéria do site bem estar.
Caracterizada por sintomas de queimação, gosto amargo na boca e, em alguns casos, dor na região do peito, a azia prejudica a qualidade de vida de pessoas que apresentam esse desconforto com frequência.
 
A médica nutróloga Alice Amaral explica que o refluxo de ácido gástrico — responsável pela digestão dos alimentos — causa irritação no esôfago, órgão que não possui a mesma proteção do estômago.
 
— O refluxo pode ser causado por uma deficiência no funcionamento do esfíncter esofágico, uma válvula localizada no final do esôfago, que tem como função se abrir para a passagem dos alimentos e se fechar imediatamente após — completa a médica.
 
Alimentos com glúten, doces, frituras, molhos e condimentos podem ocasionar sintomas de azia, assim como bebidas alcoólicas, leite e refrigerantes. Por isso, entre as dicas para ajudar a evitar o desconforto, está uma alimentação correta e em quantidades adequadas, com intervalo de três horas entre as refeições.
 
A especialista também recomenda que a pessoa mastigue bem os alimentos e evite beber líquidos enquanto come. Uma hidratação correta durante todo o dia, bebendo líquidos continuamente, faz com que o metabolismo mantenha-se em movimento e diminua a formação de ácidos estomacais.
 
Alice também evidencia que manter o peso sob controle evita que a gordura abdominal pressione o estômago e aumente as chances de produzir mais ácido gástrico. A médica também aconselha evitar o fumo e o chiclete, além de não praticar atividades físicas muito intensas e nem deitar-se após as refeições.
 
A nutróloga indicou cinco alimentos que ajudam a combater a azia.
 
Confira:
 
Limão – alcaliniza o organismo e evita a produção excessiva de ácido
 
Arroz integral – as fibras do alimento causam maior sensação de saciedade e controlam os níveis do ácido clorídrico
 
Maçã sem casca – mastigar lentamente pedacinhos da fruta descascada auxilia no alívio dos sintomas da azia, tudo isso graças ao alto teor de água e de fibras da fruta
 
Manjericão e alecrim frescos – são temperos calmantes
 
Chá de camomila – com efeito calmante, a planta diminui a irritação da parede do esôfago
Fonte: clicrbs/bemestar