Descongestionantes Nasais
Para explicar a ação do descongestionantes nasais (“gotas” nasais), precisamos saber porque o nariz entope. Ao contrário do que as pessoas pensam, não é o catarro acumulado que entope o nariz. Não adianta assoar que o entupimento continuará. Estar resfriado, gripado ou em crise alérgica causa dilatação dos vasos sanguíneos, ou seja, aumenta a quantidade do sangue que irriga o nariz. Aí, os cornetos, que são projeções de osso e mucosa (órgãos esponjosos) que ficam dentro das narinas, incham causando uma obstrução a passagem de ar.
Os descongestionantes nasais possuem em sua fórmula, substâncias vasoconstritoras capazes de contrair os vasos sanguíneos  e diminuir o inchaço dos tecidos nasais, levando a um efeito descongestinante quase instantâneo. As principais substâncias presentes nas “gotas”nasais são a fenilefrina , a nafazolina e a oximetazolina.
O hábito de pingar continuamente o remédio no nariz, além de viciar pode levar a hipertensão arterial e causar taquicardia.  A longo prazo, os efeitos dos descongestionantes nasais  elevam o risco de trombose e formação de coágulos. Na mucosa nasal, o uso abusivo provoca uma reação inflamatória, fazendo com que seja preciso quantidades cada vez maiores do remédio parase obter bem-estar.
Dificilmente os pacientes viciados nessas medicações conseguem largá-las  sem orientação médica. O ideal é fazer um “desmame”, ou seja, diminuir gradativamente a frequência do uso dos descongestionantes nasais. O médico otorrinolaringologista deve associar outras medicações como descongestionantes orais, corticóides tópicos nasais e soro fisiológico, até que o paciente consiga parar o uso das “gotas”descongestionantes. Em alguns casos, pode ser necessário tratamento cirúrgico (cirurgia dos cornetos/turbinectomia) quando a queixa de obstrução nasal persiste após o tratamento medicamentoso.
Todas as informações fornecidas têm caráter meramente informativo, com o objetivo de complementar, e não substituir, as orientações do seu(sua) médico(a).
RODRIGO POZZI BEILKE
OTIRRINOLARINGOLOGISTA
CREMERS 31.455