Devemos nos preocupar?
A  meningite é uma inflamação das meninges (membrana que envolve o cérebro), podendo ser causada por vários tipos de micro-organismos  (vírus, bactérias  ou fungos), que se desenvolvem quando de alguma maneira são vencida as defesas do organismo.
Para cada tipo há uma causa, sintoma e tratamento específicos. A mais comum e menos perigosa é a viral, que na maioria das vezes  nem necessita tratamento.
Meningite bacteriana é a mais grave e preocupante de todas. Para cada idade o germe que se apresenta necessita tratamento  com antibiótico especifico. O pneumococo é o mais comum, mas felizmente já temos vacinas que tem reduzido o numero de ocorrências.
Outra bactéria muito comum é o meningococo, que tanto nos assusta, pelo fácil contagio e rápida evolução e por  ocorrer principalmente em adolescentes e adultos jovens. Também  temos vacinas para prevenção para os tipos ACWY que podem ser aplicadas a partir de 1  ou 2 anos  e para o tipo C  a partir de 3 meses.
O hemofilus costumava ser a principal causa de meningite em crianças, hoje reduzida consideravelmente após o ingresso da vacina no calendário vacinal da rede pública.
Pessoas com baixa imunidade, como portadores de AIDS, diabéticos e usuários de drogas injetáveis apresentam maior risco de desenvolver meningite, principalmente a  fúngica.
SINTOMAS:
– febre alta e repentina
– forte dor de cabeça
– náuseas/vômitos
– convulsão/confusão mental
– sonolência
– rigidez de nuca (dificuldade de baixar a cabeça)
– manchas vermelhas na pele ( em alguns casos)
Atenção: nos bebês, os sintomas como irritação, choro persistente, falta de apetite e moleira tensa ou elevada, podem ser indícios de meningite.
COMO PREVENIR:
– manter  a carteira de vacinas atualizada: pneumococo, meningococo e hemofilus
– informe-se com seu médico
– lavar as mãos ( principal meio de transmissão de doenças)
– não compartilhar objetos de uso pessoal (copos,escovas de dentes e cigarro)
– ao tossir ou espirrar, cubra a boca
– ventilar bem os ambientes de uso pessoal e coletivo
Dr Vitor Albé  – Pediatra
CRM 18205