Dieta com restrição de sal
O sal faz o corpo reter mais líquido e o aumento do volume de líquido faz a pressão arterial subir. No entanto não há necessidade de comer alimentos totalmente sem sal. Deve-se sim, evitar o exagero, como colocar sal na comida pronta ou ingerir alimentos que contem muito sal. Temos que considerar que sal não é tempero, e temos no mercado uma infinidade de produtos como salsa, cebolinha, alho, pimenta, ervas diversas, enfim existe nos mercados uma infinidade de opções que desenvolvem sensibilidade ao paladar sem a necessidade de utilização exagerada de sal.
        Cerca da metade das pessoas com pressão alta é afetada pelo cloreto de sódio, o sal de cozinha. Tais pessoas são denominadas “sensíveis ao sal” e o organismo responde exageradamente a tal substância.
Com o passar dos anos e o aumento do peso, sabe-se que o organismo diminui sua capacidade de eliminar o sal. Assim evitando o excesso de sal na alimentação você pode ajudar a controlar melhor a hipertensão arterial.
EVITE:
– carnes salgadas, como carne seca, charque, carnes defumadas e bacalhau
– embutidos como salsicha, lingüiça, mortadela, presunto, peito de peru e salame
-conservas como azeitona, picles e palmito, enlatados como extrato de tomate, milho, ervilha, maionese pronta, molhos para salada e patês. Prefira os alimentos em seu estado natural.
– salgadinho para aperitivo, como batata frita, amendoin, salgado, castanha de caju, e bolachas salgadas.
– queijos em geral. Prefira queijo branco ou ricota sem sal.
NÃO CONSUMA: 
– o aditivo glucamato monossódico, utilizado em alguns condimentos e nas sopas de pacote.
– temperos industrializados, como ketchup, mostarda, molho shoyu e caldos concentrados.
– não tenha um saleiro na mesa e nunca acrescente sal nos alimentos já prontos.
PREPARO DOS ALIMENTOS: use o mínimo de sal no preparo dos alimentos, substituindo-os por temperos naturais como cebola, alho, cominho, pimenta do reino, pimentas em geral, cheiro-verde, orégano, hortelã, manjericão, coentro e limão. Sal light ou substituto do sal pode ser útil, pois contem menos cloreto de sódio (sal de cozinha). Entretanto quem toma certos remédios, ou tem problemas renais não pode consumir tais substitutos. Na dúvida consulte um nutricionista ou seu médico.
DR. RAUL CASSEL – CRM 15.315