Os ácaros e as alergias
Com título acima, segue matéria feita pela Dra. Kelly Maria Zanini no site bem estar med.
Os ácaros são artrópodes microscópicos pertencentes a uma subclasse de aracnídeos cujo tamanho é em torno de 0,1 a 0,3 milímetros. Eles se alimentam da descamação da pele humana e animais, de fungos, das suas próprias fezes e de outras substâncias que contém proteínas.
 
Ambientes úmidos facilitam sua reprodução. Cada ácaro postura cerca de 20 a 50 ovos por vez, e vivem cerca de 2 a 3 meses.
 
Em países tropicais como o Brasil os ácaros e seus dejetos são os principais componentes da poeira domiciliar junto com fungos, restos de insetos como a barata e pelos de animais.
 
Os ácaros são os principais causadores das alergias respiratórias como a Rinite Alérgica e a Asma, levando sintomas de coriza, espirros, prurido nasal, congestão nasal, tosse, chiado e cansaço.
 
A melhor maneira de prevenir as doenças causadas pelos ácaros é tomar algumas precauções com a limpeza dos ambientes onde vivemos, como:
 
– Encapar colchões e travesseiros com capas impermeáveis.
– Evitar tapetes, carpetes e cortinas.
– Evitar pelúcias, almofadas.
– Usar edredons, não usar cobertores de pelos.
– Não varrer a casa com vassouras.
– Fazer a limpeza com pano úmido de móveis e utensílios domésticos.
– Preferir mobílias e paredes lisas, não trabalhadas, sem texturas.
– Diminuindo o contato com os ácaros a frequência de crises alérgicas diminuem, melhorando assim, o bem-estar do pessoa alérgica.
-Procure seu especialista e saiba mais como cuidar da sua saúde.
Dra. Kelly Maria Zanini
Alergia e Imunologia
CRM/MT 7792
 
Fonte: bemestarmed