Saúde Mental e Espiritualidade
Ciência e Espiritualidade para muitos é como água e azeite, parece impossível de se misturar. No século XX, as implicações da espiritualidade vem sendo estudadas e documentadas em centenas de artigos, buscando a conexão entre ambos.
A espiritualidade manifesta-se principalmente através da religiosidade. Espiritualidade entendemos como a busca de um significado e propósito da vida, para entender algo maior que o si próprio, que pode ou não incluir uma participação religiosa formal. A Religiosidade faz a sistematização de doutrinas compartilhadas por um grupo, com crenças e dogmas aceitos por todos.
O impacto positivo do envolvimento religioso na saúde mental, é intenso em pessoas sobre stress, como idosos e pessoas com deficiências e doenças clínicas. Vários artigos científicos demonstram que a Espiritualidade esta positivamente associada a bem estar psicológico, como satisfação com a vida, moral elevado, afeto positivo, reconhecimento do outro.
A saúde dos indivíduos é determinada pela interação de fatores físicos, mentais, sociais e espirituais. A ciência tenta entender o porquê de pessoas religiosas serem fisicamente mais saudáveis, levam uma vida mais salutar, com hábitos de vida que preservam mais a saúde, requerendo menos assistência médica.
Cabe a ciência o estudo e a pesquisa cientifica para a compreensão dos fatores da associação Espiritualidade e Saúde, para sua aplicação na prática clínica. Como suas evidências  não são consistentes até o momento, constitui-se em promissor campo de pesquisa.
Dr. Andres Kieling
Médico Psiquiatra- CREMERS 15169