Tag Arquivos: Instituto Nacional do Câncer

Menopausa – a importância da individualização no atendimento

Menopausa –  a importância da individualização no atendimento

           Protocolos têm sido empregados mundialmente para diminuir custos, facilitar o trabalho e o controle das organizações na logística dos serviços em massa.  Não é diferente na Medicina: surgem protocolos da Organização Mundial da Saúde, do Instituto Nacional do Câncer, além de muitos outros.           Desses protocolos veio a tal ideia de que para mostrar exames não se precisa marcar, cobrar consulta de planos de saúde, nem as pacientes pagarem co-participações no retorno. E realmente há consultas simples só para rotina, coleta de preventivo (pré-câncer ou Papanicolau), solicitação de mamografia,  etc.. Os protocolos do Canadá e Suécia nesse caso, determinam que vai cartinha para a paciente se […]

A importância da individualização para a paciente (na menopausa)

A importância da individualização para a paciente (na menopausa)

Protocolos têm sido empregados mundialmente para diminuir custos, facilitar o trabalho  e  o controle das organizações na logística dos serviços em massa.  Não é diferente na Medicina: surgem protocolos da Organização Mundial da Saúde, do Instituto Nacional do Câncer,  além de muitos outros. Desses protocolos veio a tal ideia de que para mostrar exames não se precisa marcar, cobrar consulta de planos de saúde, nem as pacientes pagarem co-participações no retorno. E realmente há consultas simples só para rotina, coleta de preventivo ( pré-câncer ou Papanicolau ), solicitação de mamografia,  etc.. Os protocolos do Canadá e Suécia nesse caso, determinam que vai cartinha para a paciente se o preventivo , […]

Medicina e Estatística

Medicina e Estatística

Todos estamos perplexos com as novidades sobre protocolos de exames médicos de rotina. Várias instituições conceituadas como o Instituto Nacional do Câncer (INCA) que norteia os protocolos do SUS e em vários países onde a saúde é socializada, também já indicam frequência de exames bem menor do que nos foi ensinado e do que era preconizado pelas  Sociedades de Especialistas. Vamos nesta coluna avaliar dois exemplos bem pontuais na ginecologia: 1) Exame Citopatológico – Papanicolau: na universidade e em vários cursos aprendemos que deveria se colher citopatológico  anualmente nas mulheres em idade reprodutiva. Em 92-93 na Europa começaram a preconizar a coleta de 3/3 anos após dois exames normais. O […]