Sono e longevidade

Sono e longevidade

Hoje falamos e escrevemos a respeito de uma vida saudável e longevidade, com enfoque principalmente em alimentação, atividade física, vitaminas, estilo de vida, para buscar uma longevidade saudável. Esquecemos-nos do sono, que é uma função fisiológica imprescindível para a qualidade de vida. O ser humano foi projetado para ser bifásico, dia/noite, o sono regula o ritmo circadiano, com a regulação por hormônios e funções fisiológicas. Não respeitar esta harmonia é uma importante causa de doenças físicas e emocionais. As alterações do sono podem ser por má higiene (hábitos) ou doenças emocionais e físicas. O hábito, o grande inimigo, passou a ser a eletricidade e a tecnologia. Hoje fazemos “privação do […]

Surdez súbita exige atendimento imediato

Surdez súbita exige atendimento imediato

A perda súbita de audição é um distúrbio raro, que afeta uma em cada 10 mil pessoas aproximadamente. Geralmente atinge homens e mulheres na faixa dos 40 aos 50 anos e não há uma causa definida para o problema. Doenças infecciosas, como uma caxumba ou um distúrbio vascular, como isquemia, podem levar à perda repentina da audição. Essa surdez repentina deve ser sempre encarada como uma emergência médica. A pessoa acometida deve sempre procurar assistência médica em caráter de urgência. Em um período de até 14 dias, temos mais chances de tratar e até de recuperar parte da audição. Aproximadamente 50% dos pacientes recuperam a audição espontaneamente. Previna e trate: […]

Gravidez após câncer de mama não aumenta a chance de recidiva

Gravidez após câncer de mama não aumenta a chance de recidiva

O câncer de mama é a segunda neoplasia mais comum em mulheres com menos de 35 anos, acometendo muitas mulheres que nem se quer tiveram filhos ainda. Nas últimas décadas, tem-se observado o adiamento da gestação por mulheres das grandes cidades, talvez por reflexo das mudanças socioculturais. Muitas mulheres, entre 35 e 40 anos, que estão se preparando para gestar, descobrem um câncer de mama em exames de rotina. Então, além do medo desse diagnóstico, é como se o sonho da maternidade também fosse destruído. E, o  que se percebe é que menos de 10% destas mulheres ficam grávidas após o tratamento, no decorrer de suas vidas, talvez por falta […]

O uso de medicação em doenças crônicas

O uso de medicação em doenças crônicas

Em vários congressos, que tenho participado nos últimos três anos, as pesquisas de acompanhamento à pacientes em tratamentos psiquiátricos, veem apontado que, aproximadamente, 50% das pessoas, após seis meses de tratamento, alteram as doses e a forma de usar os medicamentos prescritos. Esses achados são para depressão, transtornos de ansiedade, transtorno afetivo bipolar, doenças crônicas, muitas vezes sem cura. Um óbice! Mas como diz o ditado popular “de médico e de louco todo mundo tem um pouco.” Esses resultados vêm ao encontro, nestes mais de 25 anos de atuação como médico psiquiatra, as minhas análises, com muitas pessoas que atendi a partir de 1990, – que não cumpriram com os […]